"Na bruma leve das paixões que vêm de dentro, tu vens..."

 

Bernardo o mar de Lúcia e Lúcia a sereia de pele clara que mergulhou no amor com Bernardo.

Esses que me fizeram juntar em um filme Alceu, Maria Bethania e Caetano, pra contar que o amor é calmo, é livre, é doce como a voz de Lúcia e divertido como o astral de Bernardo.

   

"É puro o meu amor, como os puros sacrários; 
É nobre o meu amor, como os mais nobres fastos; 
É grande como os mares altíssonos e vastos; 
É suave como o odor de lírios solitários." 

Joao Pessoa

 

e mais

brilhante como o sol, que reinava naquele dia, quente como a fogueira, que queimava e aquecia,

divertido como as bandeirinhas, que enfeitavam aquele lugar

forte como girassol, que deram ainda mais beleza pro Sitio Veredas 

onde cada detalhe tinha amor, 

com a fotografia do Morada 14.

 

Assim são Lúcia e Bernardo, amor!

 

💛

Lu e Baiano, grãos de amor e felicidade. 

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
1/2